Out of Africa

setembro 2, 2009

1Marcante, Out of Africa foi um dos grandes filmes da minha infância. Sucesso de bilheteria mundial em 1985, vencedor de 7 Oscars, entre outros prêmios de excelência da indústria cinematográfica, o longa-metragem é baseado na história real de Karen Christence von Blixen-Finecke, uma escritora dinamarquesa (1885-1962) que morou 17 anos no Kenya, África.

Seu livro Den afrikanske Farm (A Fazenda Africana) – publicado em 1937 – trouxe a público o universo de Karen por meio do relato intenso e emocionante da escritora sobre o período que viveu no continente africano. Adaptado por Hollywood, a obra ganhou nova dimensão, causando mais uma vez forte impacto em plateias de inúmeros países.

Com trilha sonora de John Barry, o filme dirigido por Sidney Pollack foi estrelado por Meryl Streep (genial, como sempre), Robert Redford e 2Klaus Maria Brandauer nos papéis principais. O motivo de eu estar aqui, contudo, tem a ver com o que me ocorreu dia desses. Nunca cheguei perto do livro. Pergunto-me: como? Passaram-se mais de 20 anos e somente agora me bateu tal ideia.

Pois bem, chegou a hora. Vejo-me pronta para trazê-la de longe. Sairei em busca da obra. Quero conhecer intimamente a mulher extraordinária que foi a Karen e saber de sua experiência na África em pleno início do século XX. Ler o seu relato – talvez um dos mais belos sobre a África escrito por um ocidental – trará para dentro o significado mais profundo de sua realidade.

Deixo na página a minha cena predileta de Out of Africa – que dispensa comentários.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: